Voos Divinópolis-Belo Horizonte começam dia 17 de agosto

O primeiro voo teste de Belo Horizonte-Divinópolis foi realizado neste final de semana. O 1º vice-presidente da Associação Comercial, Industrial, Agropecuária e Serviços de Divinópolis (Acid), Marcos Fábio Gomes Ferreira acompanhou o voo, neste sábado (30). Representantes da Companhia de Desenvolvimento Econômico de Minas Gerias (Codemig) estiveram presentes.

O governo de Minas Gerais, por meio da Codemig, iniciará na segunda quinzena de agosto o Projeto de Integração Regional de Minas Gerias – Modal Aéreo (Pirma). Projeto de operação de 60 voos semanais ligando a capital mineira a 12 municípios do interior do Estado. Divinópolis é a única cidade da região Centro-Oeste a ser beneficiada com o projeto.

Os voos serão operados pela empresa Two Taxi Aéreo, vencedora da licitação pública. Serão utilizados aviões Cessna com capacidade para até nove passageiros. O risco operacional da iniciativa foi assumido pela Codemig.

As cidades contempladas inicialmente são: Curvelo, Diamantina, Divinópolis, Juiz de Fora, Muriaé, Patos de Minas, Ponte Nova, São João del Rei, Teófilo Otoni, Ubá, Varginha e Viçosa. A forma de contrato com a empresa vencedora permitirá que haja alteração na frequência dos voos e as cidades contempladas.

De acordo com informações apuradas pelo PORTAL, no caso de Divinópolis, os voos serão de 21 minutos e as passagens custarão entre R$ 160 a R$ 175. Os voos serão de segunda a sexta-feira duas vezes por dia, um pela manhã e outro a tarde, com exceção da quarta-feira que terá apenas pela manhã.

Turismo de negócio

Vice-presidente da Acid aponta o turismo de negócio (Foto: Divulgação)

Vice-presidente da Acid aponta o turismo de negócio (Foto: Divulgação)

Para o vice-presidente Marcos Fábio, além do desenvolvimento de negócios regionais, o turismo no interior de Minas também ganhará com as operações de voos. Ele ainda mencionou o fato de Divinópolis estar inserida em uma mesorregião com mais de 1 milhão de habitantes e um PIB de R$ 5,4 bilhões. O Centro-Oeste é também umas das regiões mais segmentadas do Estado.

“Temos polo de fogos de artifício em Santo Antônio do Monte, fundição em Divinópolis, Itaúna e Cláudio, móveis em Carmo do Cajuru, calçados em Nova Serrana, cerâmica em Igaratinga, siderúrgica e confecção em Divinópolis. Quando se pensa em toda a pujança que existe nesta região, e agora com voos frequentes para Belo Horizonte, mais os voos para Campinas que acontece há mais de um ano com muito sucesso, a integração com outros municípios e qualquer parte do Brasil e do mundo, irá beneficiar e muito o desenvolvimento regional”, afirma.

O fomento à economia será visível.

“Todo processo de desenvolvimento passa inevitavelmente pela logística, eliminação de gargalos. Uma vez que você reduz o tempo de deslocamento para 20 minutos, a possibilidade de gerar novos negócios, o acesso de outros empreendedores virem para a nossa cidade fazer negócios conosco, é muito maior.”, explica Ferreira.

Desenvolvimento

O empresário Waldemar Amaral destaca a facilidade de acesso (Foto: Divulgação)

O empresário Waldemar Amaral destaca a facilidade de acesso (Foto: Divulgação)

Para o empresário Valdemar Martins Amaral, do Grupo ABC, a distância entre Divinópolis e Varginha, outra cidade contemplada pelo projeto e onde possui uma de suas lojas, será mais curto com a possibilidade dos voos.

“Costumo ir a Belo Horizonte toda semana. O voo para a Pampulha irá facilitar a ida à capital e evitar o trânsito intenso que existe. O fluxo de carros na cidade e na estrada é muito grande.”, comemora Amaral.

O primeiro voo está marcado para 17 de agosto. As passagens aéreas poderão ser adquiridas no site www.voeminasgerais.com.br com até 15 dias de antecedência.

Amanda Quintiliano

Amanda Quintiliano

Amanda Quintiliano é editora-chefe do Portal Centro-Oeste. Jornalista por formação e paixão. Pós-graduada em Marketing e Comunicação Integrada.

Deixe seu comentário

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do PORTAL CENTRO-OESTE. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O PORTAL CENTRO-OESTE poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.