Sintemmd garante continuidade da Operação Tartaruga

By 8 de novembro de 2018 Educação, Outras Notícias
Semed Divinópolis

Pagamentos de R$ 500, referente a folha de setembro para os servidores educacionais, não impede paralisação geral, assegura sindicato

Em regime de Operação Tartaruga, a greve parcial dos servidores da rede municipal de educação em Divinópolis chega ao quarto dia, sem previsão de término. Tal situação se permanece também após o anúncio da Prefeitura, que confirmou o pagamento de R$ 500,00, nesta segunda-feira (12), para os servidores educacionais, referente a folha de setembro.

Como já foi informado pelo PORTAL, os educadores receberam apenas R$ 1 mil até o quinto dia útil de outubro. Desde o dia 31, eles estão em estado de greve.

“Não tem o porque de interromper, porque a greve é, em relação ao que foi deliberado em assembléia, sobre o mês de setembro, a Operação Tartaruga até quitar a totalidade dos salários. R$ 500 não irá quitar setembro. Porém, foi determinado que a partir do salário referente a outubro, se a Prefeitura não quitar por completo, é greve. Então a mesma não é relacionada a setembro e sim de outubro em diante. Se ele quitar setembro e não outubro, a paralisação geral está mantida, a não ser que em outra reunião ocorra uma deliberação diferente”, disse ao PORTAL o diretor de comunicação do Sindicato dos Trabalhadores da Educação Municipal (Sintemmd), Gleydson Araújo.

Operação Tartaruga

Devido a realização da Operação Tartaruga, os horários de aulas estão da seguinte maneira, desde a última segunda (05): pela manhã (de 07h às 10h), durante a tarde (de 13h às 16h) e a noite (18h30 às 20h30).

Dentro da Secretaria Municipal de Educação (Semed), os servidores que aderirem a operação devem trabalhar entre o horário das 12h às 16h. Caso os pagamentos aos professores não forem realizados, uma greve geral será feita em toda a rede municipal, a partir desta sexta-feira (09).

“A Prefeitura tem até às 18h para quitar outubro, aí eles têm de pagar os últimos dois meses. Eles disseram que irão pagar R$ 500 referentes a setembro nesta segunda. O movimento que foi deliberado seria a Operação Tartaruga até a quitação de setembro, porém uma vez que outubro o Município não conseguir quitar, a greve vai ser superada ao mês retrasado”, explicou Gleydson.

Pagamentos

De acordo com a Prefeitura, os R$ 500 da Educação serão suficientes para quitar 34% da folha de setembro. Os valores pagos para os servidores da Educação, serão de parte dos recursos do Fundeb, depositados na conta do Município. A folha de pagamento dos servidores municipais chega a R$ 10 milhões.

Marcelo Lopes

Marcelo Lopes

É repórter do Portal Centro-Oeste. Graduado em jornalismo e apaixonado por esportes e histórias.

Deixe seu comentário

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do PORTAL CENTRO-OESTE. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O PORTAL CENTRO-OESTE poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.