Projeto propõe medida de controle de vacinação de crianças

Pela proposta, os pais serão obrigados a apresentarem o cartão de vacina para matrícula dos filhos em escolas municipais de Divinópolis

Marcelo Lopes

Foi protocolado na Câmara Municipal, nesta quinta-feira (09), o projeto de lei CM 103/2018. A proposta, de autoria do vereador Renato Ferreira (PSDB), tem como temática a obrigatoriedade da apresentação da carteirinha de vacinação no momento da matrícula de crianças nas escolas municipais de Divinópolis.

Segundo Renato ao PORTAL, a finalidade do projeto é para contribuir no acompanhamento e na prevenção da saúde dos alunos, evitando o contágio de doenças que estavam erradicadas e estão voltando a obter índices de contágio, como o sarampo, por exemplo.

“Muita das vezes, o pai ou a mãe, devido a sobrecarga que se tem no dia a dia, até duas ou três tarefas, fora o trabalho de casa, se descuidam na questão da vacinação dos filhos. Com o projeto, isso vai contribuir para que as secretarias de educação e saúde, façam em conjunto este trabalho”, disse o vereador.

Ainda de acordo com Renato, a fiscalização na prática, funcionaria para a orientação aos pais para que a carteirinha de vacinação esteja mantida em dia com as respectivas doses. Vacinas como as de sarampo e febre amarela estão previstas como obrigatórias no Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA).

Após o protocolamento, o vereador irá buscar a agilização do ofício, para que este seja votado ainda neste ano.

“Nós dependemos do Município também para sancionar para que assim possamos ajudar neste acompanhamento e também na prevenção destas doenças”, finalizou.

Amanda Quintiliano

Amanda Quintiliano

Amanda Quintiliano é editora-chefe do Portal Centro-Oeste. Jornalista por formação e paixão. Pós-graduada em Marketing e Comunicação Integrada.

Deixe seu comentário

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do PORTAL CENTRO-OESTE. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O PORTAL CENTRO-OESTE poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.