Prefeitura diz que pedido de cassação foi baseado em provas forjadas

 

Órgão emitiu nota após a denúncia ser rejeitada pelo vereadores de Divinópolis

Portal Centro-Oeste

Após a Denúncia de Infração Político Administrativa”, cujo intuito era pedir a cassação do mandato do atual prefeito Galileu Machado (MDB), ser rejeitada, a prefeitura emitiu nota sobre o assunto, tratando-a as provas como ilegítimas e forjadas.

“Diz a Constituição da República: todo o poder emana do povo, que o exerce por meio de representantes eleitos. Se este é o mandamento constitucional, se esta é a viga-mestra da democracia, fica claro e evidente que não se pode aceitar que a vontade do povo, colhida com obediência ao processo eleitoral, seja colocada em perigo por iniciativas acusatórias baseadas em provas ilegítimas, forjadas.

É interesse do Município de Divinópolis que as decisões políticas tomadas por seu povo sejam respeitadas, sejam valorizadas e preservadas de ataques.

Uma sociedade só se desenvolve de maneira sólida e permanente quando existe o respeito às regras do processo democrático. Um mandato eletivo é o que há de mais sério e sagrado numa democracia, pois representa o exercício de um direito indisponível e intransferível por parte de um cidadão. 

A Prefeitura de Divinópolis respeita a posição dos nobres vereadores eleitos pelos divinopolitanos”.  

 

Amanda Quintiliano

Amanda Quintiliano

Amanda Quintiliano é editora-chefe do Portal Centro-Oeste. Jornalista por formação e paixão. Pós-graduada em Marketing e Comunicação Integrada.

Deixe seu comentário

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do PORTAL CENTRO-OESTE. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O PORTAL CENTRO-OESTE poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.