Documento foi rejeitado por 11 votos a 5, durante a tarde desta terça-feira (05)

Marcelo Lopes

Na tarde desta terça-feira (05), foi votado no plenário da Câmara Municipal o recebimento do pedido de cassação do mandato do prefeito de Divinópolis, Galileu Teixeira Machado (MDB). O documento foi rejeitado com onze votos, contra cinco a favor entre os parlamentares.

Votaram a favor os vereadores Cleitinho Azevedo (PPS), Edson Sousa (MDB), Janete Aparecida (PSD), Roger Viegas (PROS) e Sargento Élton (PEN).

Já os votos contra o recebimento foram dos edis Ademir Silva (PSD), César​ Tarzan (PP), Dr. Delano (MDB), Eduardo Print Junior (SD), Josafá Anderson (PPS), Rodrigo Kaboja (PSD), Marcos Vinicius (PROS), Nego do Buritis (PEN), Raimundo Nonato (PDT), Renato Ferreira (PSDB) e Zé Luís da Farmácia (PMN).

Votação ocorreu sob protestos de pessoas presentes na Câmara – Foto: Marcelo Lopes/PCO

A denúncia, gerada pela Associação dos Advogados do Centro-Oeste de Minas (AACO), foi em função do vazamento de um diálogo, em áudio, que supostamente tem a participação do prefeito e do ex-aliado, Marcelo Marreco, sobre a negociação de um cargo no Executivo. De acordo com a entidade, o teor da conversa consiste em possíveis infrações administrativas e crimes contra a administração e o patrimônio público.

Após a reprovação do teor votado, pessoas presentes que lotaram o plenário da Câmara vaiaram o resultado.

Ainda nesta terça (05), mais uma reportagem será publicada sobre este assunto, no Portal Centro-Oeste.

Deixe seu comentário

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do PORTAL CENTRO-OESTE. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O PORTAL CENTRO-OESTE poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.