Oitivas da CPI do IPTU serão abertas ao público

Diretores de cadastro e de fiscalização e secretários de fazenda serão os primeiros a serem ouvidos

Os membros que compõem a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI), que irá investigar o cadastramento de imóveis com lançamento do IPTU abaixo do valor da cota básica em 2017 e também uma eventual renúncia de receita tributária, com ato de improbidade administrativa lesiva ao erário, se reuniram durante a tarde desta segunda-feira (11), para definir o andamento das investigações.

Na ocasião, foi decidido pelos integrantes, sendo o presidente, Renato Ferreira (PSDB), o relator, César Tarzan (PP), o parlamentar responsável pelas atividades de relações públicas, Eduardo Print Júnior (SD), e os demais membros, Edson Souza (MDB) e Marcos Vinicius (PROS), que as reuniões serão abertas ao público e realizadas nas segundas-feiras, às 14h, no plenário da Câmara.

Além disso, serão promovidas, com prioridade, oitivas com os Diretores de Cadastro e Fiscalização e respectivos Secretários Municipais de Fazenda da Prefeitura Municipal de Divinópolis, dentro todo o período de fiscalização proposto pela CPI.

“Também já deliberamos o envio de um ofício para a Prefeitura Municipal de Divinópolis requisitando, de forma oficial, o nome de todos os servidores municipais que ocuparam esses referidos cargos de cadastro, fiscalização, Fazenda e gestão desde o exercício de 1998”, complementou Renato Ferreira.

O presidente da Câmara Rodrigo Kaboja (PSD) afirmou que dará todo suporte necessário para que os trabalhos da CPI ocorram com celeridade e total transparência.

“Queremos que essa Comissão Parlamentar de Inquérito, definida pela Portaria CM n° 048 de 21 de Janeiro de 2019, tenha todo tempo e suporte para realizar seu trabalho da melhor maneira possível. Essa CPI é formada por vereadores dedicados, comprometidos com a administração pública e o papel da Câmara é de fiscalização, transparência e acompanhamento de todos os temas de interesse do povo de Divinópolis “, informou.

Deixe seu comentário

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do PORTAL CENTRO-OESTE. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O PORTAL CENTRO-OESTE poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.