Moradores do Vila das Roseiras poderão quitar moradias

Eles terão a última oportunidade para colocar as dívidas em dia; 124 proprietários, ao todo, se encontram na situação

O Prefeito de Divinópolis, Galileu Machado (MDB), se reuniu com os moradores do Conjunto Habitacional Vila das Roseiras para tratar a quitação dos imóveis e entrega de escrituras. Construído em 1998, o conjunto foi financiado pela Caixa Econômica Federal. Porém, ao contrário dos programas habitacionais atuais, o município quitava a construção e recebia dos moradores.

Ao longo dos anos muitos mutuários tornaram-se inadimplentes. Em 2001, Galileu Machado chegou a apresentar um projeto de prorrogação de prazo para que quem estivesse em atraso pudesse saldar a dívida.

“Estamos aqui para acalmar os moradores que estão inadimplentes e estavam com receio de perder o imóvel. Estamos aqui para deixar claro que nosso objetivo é encontrar, dentro da legalidade, uma solução para todos”, frisou o prefeito durante o encontro.

Os moradores terão oportunidades de resolver a situação e quitar o seu imóvel. “Em 2016, o prazo do financiamento venceu e alguns moradores continuavam com a quitação dos imóveis em aberto. Por uma questão legal prevista na lei de Responsabilidade Fiscal, tivemos que tomar medidas judiciais. Mas estamos fazendo isso da maneira mais tranquila possível, permitindo que esses moradores possam procurar a Prefeitura e resolver o problema de vez”, destacou Galileu Machado.

Acompanhado do Procurador Fazendário do Município, Márcio Azevedo, o prefeito explicou que o Município avaliará todos os casos e buscar um valor adequado à realidade financeira dos moradores. As dívidas variam de R$ 900,00 a R$ 12 mil, de acordo com o número de parcelas em atraso. Ao todo, 124 proprietários estão nessa situação.

“É preciso deixar claro que esta é a última oportunidade que esses moradores terão. Caso não atendam ao chamamento da Prefeitura poderão perder os imóveis”, salientou Márcio Azevedo.

Segundo a Diretora de Habitação da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social, Liliane Rios, o município aguarda que a situação esteja resolvida para providenciar as escrituras para os moradores. “Isso se dá através de um projeto a ser enviado ao Legislativo Municipal. Em breve, todos poderão celebrar essa conquista”, relatou.

Durante a reunião, moradores destacaram o apoio Administração Municipal. “A gente sabe que se dependesse do prefeito ele doava essas casas, assim como ele fez em outros mandatos. Mas por causa da Lei de Responsabilidade Fiscal não pode fazer isso. Mas a gente sabia que ele faria o possível pra resolver a situação dos moradores. E ele fez. Essa é uma oportunidade de ouro e nós estamos agradecidos”, disse Marco Antônio Ribeiro, morador do local.

Deixe seu comentário

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do PORTAL CENTRO-OESTE. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O PORTAL CENTRO-OESTE poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.