Itapecerica mantém acesas tradicionais celebrações da Semana Santa

Procissões atraem centenas de fiéis; Veja a programação divulgada pela Paróquia de São Bento

João Victor Silva

Cidade onde a fé ilumina a cultura, Itapecerica mantém acesa a tradicional celebração da Semana Santa. Missas e procissões atraem centenas de fiéis todos os anos.

A Semana Santa é o maior e mais tradicional evento religioso da cidade. Para o prefeito, Wirley Reis (PHS), conhecido como Teko, “é a mais importante manifestação de fé realizada na cidade bicentenária”.

“A Semana Santa, com suas procissões e demais celebrações, mobiliza as famílias, que se empenham em ajudar na preparação, e participam em peso de todas as solenidades que compõem a programação”, declara Wirley.

O prefeito também afirma que, devido à quantidade de músicos que estão ali presentes, um dos destaques nas celebrações é a música sacra.

O evento atrai turistas, e faz com que nascidos na cidade regressem durante as comemorações.

Tradição

FOTOS: Marden Mendonça

“Itapecerica é uma cidade tradicional e muito religiosa”, é o que afirma a professora aposentada Marisilvia Rezende. Membra do coral da Paróquia de São Bento e de outras atividades paroquiais, a ex-professora cita também o “Setenário das Dores”.

As celebrações realizadas nos sete dias que antecedem a Semana Santa estavam todas cheias.

Cortejos

Nesta segunda já haverá procissão na cidade. Marisilva lembra que algumas pessoas costumam ir aos cortejos descalças, como forma de sacrifício para alcançar suas graças.

A procissão que atrai mais fiéis é a percorre o caminho mais longo na sexta-feira da Paixão.

Sendo também dia de jejum e abstinência de carne, antes da procissão há um sermão na praça da igreja.

“Sermão do Descendimento da Cruz, sempre cheio, todas as pessoas carregando suas velas enquanto oram, algumas até mesmo de joelhos durante o ato, também como forma de sacrifício”, declara a professora.

Marisilvia também relembra que as procissões começam na segunda e vão até sábado, sempre à noite. Com exceção da Procissão das Almas, que acontece sempre na madrugada da quaresma.

“Também é uma procissão linda, como forma de orar pela alma daqueles que já se foram”, elucida.

Programação

Celebrando os 60 anos da Diocese de Divinópolis, e também os 100 anos do Padre Carlos Pinto da Fonseca, a Paróquia de São Bento realiza o convite para suas celebrações da Semana Santa.

Veja a programação:

 

Deixe seu comentário

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do PORTAL CENTRO-OESTE. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O PORTAL CENTRO-OESTE poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.