Última Hora

Geraldinho assume superintendência da UPA com discurso de “tranquilidade e elo”

João Victor Silva

José Geraldo Pereira, mais conhecido como Geraldinho da Saúde, já está à frente da superintendência da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) em Divinópolis. Ele deixou a Secretaria Municipal de Formiga para assumir o cargo nesta terça-feira (06). O primeiro dia de trabalho foi em meio a reuniões.

Geraldinho, que é ex-vereador de Divinópolis, assume o cargo em meio a um dos momentos mais delicados e tumultuados da unidade. Os médicos contratados pela Santa Casa de Formiga suspenderam parcialmente os atendimentos na segunda-feira (06). Sem soluções imediatas, ao PORTAL, ele afirmou que o atendimento deve ser normalizado quando o município fizer o repasse da categoria.

O superintendente ainda frisou a liberação de emendas para quitar as notas em atrasos. Uma delas, de R$1 milhão, já foi empenhada e a outra foi habilitada. A previsão, segundo Geraldinho, é delas serem pagas nos próximos dias.

Nesta quarta-feira (06) o deputado federal, Domingos Sávio (PSDB), autor de uma das emendas, irá se encontrar com representantes do Ministério da Saúde para tentar agilizar a liberação da verba. Enquanto isso, apenas os casos de urgência e emergência serão atendidos.

Transição

Geraldinho assumiu a superintendência com discurso de tranquilidade e elo entre o município de Divinópolis e a Santa Casa de Formiga. Ele será responsável pelo processo de transição da atual gestão compartilhada. Ainda não há previsão de em quanto tempo isso deve ocorrer, mas que a intenção é de ser o mais rápido possível.

Há Santa Casa tenta há um ano romper judicialmente o contrato firmado com Divinópolis, com causa de R$95 milhões. Geraldinho limitou-se a falar sobre o assunto e disse que essas questões ocorrem em esfera jurídica.

Santa Casa

Em contato com a assessora de comunicação da Santa Casa de Formiga, Jordana Heloísa, ela afirmou que Geraldinho possui as atribuições adequadas para melhorar na gestão da UPA de Divinópolis.

A assessora informou também que não há mais interesse por parte da Santa Casa em gerenciar a administração da UPA Divinópolis, e que tenta reincidir o contrato deste gerenciamento há mais de um ano. No entanto, não há previsão para que a rescisão aconteça.

Deixe seu comentário

Captcha *