Em vídeo postado na página da torcida organizada nas redes sociais, membros ressaltam que são contra qualquer tipo de violência

Marcelo Lopes

Após a polêmica envolvendo uma loja de materiais esportivos da cidade e um funcionário, que estendeu uma camisa do Atlético Mineiro, fazendo alusão a um tapete, na entrada do estabelecimento, a torcida organizada do clube, Galoucura Divinópolis, compareceu até o local nesta terça-feira (10), para esclarecer com os proprietários, de forma amistosa, o mal entendido.

Em um vídeo postado na página da torcida nas redes sociais, membros da Galoucura pedem para que os donos da loja não sejam vítimas de repúdio e ressaltam que são contra qualquer tipo de violência.

“Esperamos que sirva de exemplo à qualquer estabelecimento que nunca desrespeite o sentimento de nenhum torcedor e que também sirva de exemplo pra todos aqueles que reagem com violência. O respeito tem que ser conquistado. Violência só gera violência”, diz uma das postagens.

Confira o vídeo logo abaixo

Vídeo e foto de capa: Galoucura Divinópolis

Deixe seu comentário

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do PORTAL CENTRO-OESTE. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O PORTAL CENTRO-OESTE poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.