Festival Gastronômico de Itapecerica resgata tradição rural

 

Evento será realizado nos dias 1, 2 e 3 de junho com comidas típicas e produtos da terra como cervejas e artesanatos

Marcelo Lopes

De todas as tradições mineiras, a mais reconhecida é a culinária e Itapecerica já está entrando no clima para se preparar para a décima segunda edição do Festival de Gastronomia Rural na cidade. As datas já estão definidas. Este ano será do dia 01 a 03 de junho.

Promovido pela primeira vez em 2006, o festival tem o intuito de resgatar a tradição culinária rural de Minas, como pratos típicos, bebidas e artesanatos característicos da região.

“A maioria dos festivais de gastronomia não são do estilo do nosso, que é uma culinária de comida rural. É uma festa que traz muitos visitantes, inclusive pessoas de Itapecerica que moram fora e que marcam nas agendas para estarem aqui”, disse a secretária de Cultura, Turismo e Esportes de Itapecerica, Simone Toledo.

Simone destacou que o interessante do evento é que o mesmo é produzido somente com habitantes da cidade, agregando os moradores e movimentando a economia do município. Em média, 25 barraquinhas participarão das festividades.

“Todos os restaurantes participam, os bares ao entorno da praça, fora as tendas, pois teremos tendas de cachaça, de doces, artesanatos, quitandas, cervejas artesanais, agricultura familiar. São produtos que são produzidos em Itapecerica”, ressaltou.

Além da culinária, carro chefe do evento, também serão realizadas oficinas gastronômicas, festival de música sertaneja e apresentações de artistas locais.

Movimento

Tradicional no município, o Festival de Gastronomia Rural movimenta diversos setores de Itapecerica, como comércio, restaurantes e hotelarias.

Júlia Mesquita, funcionária de um hotel localizado em frente ao local onde será realizado o evento, disse ao PORTAL que a movimentação no estabelecimento dobra na época das festividades.

“Aqui no hotel, desde o ano passado, os quartos estão todos reservados. Tem um pessoal que veio em 2017 e já ocuparam todas as reservas. Ficaram somente três quatos para quem quiser procurar”, disse.

Júlia relatou que todos os quartos foram ocupados por moradores de Nova Serrana, que visitaram o Festival em 2017 e já garantiram também as vagas para visitarem novamente neste ano.

“São 30 quartos. Só não tem mais vagas, do contrário, triplicava. Se tivessem mais quartos, aumentava muito mais”, brincou

A programação completa ainda não foi divulgada pela Secretaria de Cultura, Turismo e Esportes, organizadora do evento. A previsão é de que a o cronograma esteja pronto até o fim da próxima semana.

Foto de capa: Reprodução Facebook/Wirley Reis

Veja como foi o festival em 2017

Amanda Quintiliano

Amanda Quintiliano

Amanda Quintiliano é editora-chefe do Portal Centro-Oeste. Jornalista por formação e paixão. Pós-graduada em Marketing e Comunicação Integrada.

Deixe seu comentário

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do PORTAL CENTRO-OESTE. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O PORTAL CENTRO-OESTE poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.