Estado libera repasse da União para o Samu

Cis-Urg cobra valores atrasados de responsabilidade do governo estadual; Dívida chega a R$8 milhões

A diretoria do CIS-URG Oeste, consórcio que administra o Samu na região, confirmou, nesta sexta-feira (25), que a Secretaria de Estado de Saúde (SES-MG), pagou às entidades que administram o serviço no estado, inclusive o Centro-Oeste Mineiro, a parcela referente ao mês de dezembro, no valor de R$ 660.975,000.  Esse recurso se refere à verba que é repassada ao Rstado, através do Ministério da Saúde, da habilitação do SAMU regional.

Segundo o consórcio, o repasse melhora um pouco a situação financeira do CIS-URG, mas ainda não resolve a mesma, pois os compromissos com folha de pagamento deste mês ficará em torno de RS 1,2 milhão, fora os encargos sociais, perfazendo um total de quase R$ 2 milhões.

A entidade afirma que ainda é preciso do recurso da parcela estadual que estão atrasados há quatro meses e meio, para manter em funcionamento as ambulâncias do Samu Oeste, cerca de R$8 milhões.

Deixe seu comentário

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do PORTAL CENTRO-OESTE. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O PORTAL CENTRO-OESTE poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.