Centro-Oeste Mineiro registra 4.024 casos prováveis de dengue em três meses

By 14 de março de 2019 Outras Notícias, Saúde

Dados são referentes ao Boletim Epidemiológico, divulgado pela Secretaria Estadual de Saúde (SES-MG), nesta semana; Arcos segue liderando o levantamento, com 1.852 notificações

Arcos, Iguatama Lagoa da Prata, Martinho Campos e São Gonçalo do Pará são os municípios que estão com a taxa de incidência de casos prováveis de dengue muito alta, entre as 54 cidades que compõem a Superintendência Regional de Saúde (SRS), de Divinópolis. Os dados são referentes ao último Boletim Epidemiológico, divulgado pela Secretaria Estadual de Saúde (SES-MG), nesta semana.

Segundo o levantamento, Arcos segue liderando o número de casos prováveis, com 1.852 notificações em 2019. Lagoa da Prata (com 432), Martinho Campos (com 342), São Gonçalo (com 129) e Iguatama (com 125), vêm logo em seguida, no registros de ocorrências.

Nas redes sociais, o prefeito de São Gonçalo do Pará, Toninho André (MDB), se posicionou sobre o assunto, dizendo que o dado é um importante sinal de alerta, mas que não caracteriza uma epidemia.

“As notificações não significam que todos casos serão confirmados, mas que a Atenção Primária da Saúde está atenta a todas as suspeitas (…) A dengue é um problema que desafia a todos e não é uma questão apenas de saúde pública, mas de educação e mobilização (…) Sem a participação dos moradores essa luta será em vão. Contamos com a participação e apoio de todos”, disse.

Cálculos

É importante ressaltar que a taxa de incidência é definida através do índice absoluto de casos prováveis (suspeitos e sob investigação) e a proporcionalidade deles em relação ao número de habitantes do referente município, baseado no censo de 2017 do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 

Por exemplo, Divinópolis, com 209 ocorrências prováveis, tem um número de casos maior que os de São Gonçalo do Pará, mas possui baixa incidência pelo número de habitantes que possui (234.937). A cidade governada por Toninho André tem 11.985 habitantes, de acordo com o último censo.

Na ponta do lápis, 4.024 casos prováveis de dengue foram registrados em 2019, até o momento. Dentre as cidades com incidência silenciosa, Aguanil, Córrego Danta, Santana do Jacaré, Serra da Saudade e Tapiraí não tiveram ocorrências registradas.

Confira logo abaixo o levantamento com as cidades que possuem casos prováveis registrados, a taxa de incidência e o número de habitantes.

Araújos – 11 (média – 8.996)

Arcos – 1.852 (muito alta – 39.811)

Bambuí – 34 (média – 24.018)

Bom Despacho – 02 (baixa – 50.042)

Camacho – 01 (baixa – 3.064)

Campo Belo – 20 (baixa – 54.458)

Cana Verde – 01 (baixa – 5.735)

Candeias – 52 (alta – 15.147)

Carmo da Mata – 01 (baixa – 11.559)

Carmo do Cajuru – 13 (baixa – 22.136)

Carmópolis de Minas – 37 (média – 18.995)

Cláudio – 11(baixa – 28.287)

Conceição do Pará – 01 (baixa – 5.115)

Córrego Fundo – 04 (baixa – 6.295)

Cristais – 02 (baixa – 12.564)

Divinópolis – 209 (baixa – 234.937)

Dores do Indaiá – 01 (baixa – 13.923)

Estrela do Indaiá – 01 (baixa – 3.590)

Formiga – 120 (média – 68.423)

Igaratinga – 10 (baixa – 10.547)

Iguatama – 125 (muito alta – 8.172)

Itaguara – 27 (média – 13.329)

Itapecerica – 04 (baixa – 22.158)

Itatiaiuçu – 28 (média – 10.979)

Itaúna – 18 (baixa – 92.696)

Japaraíba – 13 (alta – 4.308)

Lagoa da Prata – 432 (muito alta – 51.204)

Leandro Ferreira – 03 (baixa – 3.300)

Luz – 29 (média – 18.400)

Martinho Campos – 342 (muito alta – 13.436)

Medeiros – 01 (baixa – 3.765)

Moema – 02 (baixa – 7.525)

Nova Serrana – 169 (média – 94.681)

Oliveira – 05 (baixa – 41.907)

Onça de Pitangui – 02 (baixa – 3.192)

Pains – 31 (alta – 8.391)

Pará de Minas – 162 (média – 92.739)

Passa Tempo – 03 (baixa – 8.324)

Pedra do Indaiá – 04 (baixa – 4.034)

Perdigão – 08 (baixa – 10.846)

Pimenta – 50 (muito alta – 8.720)

Piracema – 05 (baixa – 6.566)

Pitangui – 16 (baixa – 27.706)

Santo Antônio do Amparo – 16 (baixa – 18.553)

Santo Antônio do Monte – 08 (baixa – 28.115)

São Francisco de Paula – 02 (baixa – 6.673)

São Gonçalo do Pará – 129 (muito alta – 11.985)

São José da Varginha – 05 (média – 4.834)

São Sebastião do Oeste – 02 (baixa – 6.589)

Marcelo Lopes

Marcelo Lopes

É repórter do Portal Centro-Oeste. Graduado em jornalismo e apaixonado por esportes e histórias.

Deixe seu comentário

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do PORTAL CENTRO-OESTE. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O PORTAL CENTRO-OESTE poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.