Auditoria vai fiscalizar dívida de R$25 milhões da Secretaria de Saúde

UPA Padre Roberto de Divinópolis

Conselho Municipal barrou votação das contas de 2018 até que fiscalização seja realizada

As contas da Secretaria de Saúde de Divinópolis (Semusa), referentes ao ano de 2018, até o momento, não foram aprovadas pelo Conselho Municipal de Saúde (CMS). Elas estão condicionadas ao resultado da auditoria que deverá ser realizada. A resolução foi publicada no Diário Oficial dos Municípios desta terça (12).

A decisão de contratar uma auditoria foi tomada devido a diversas situações envolvendo duas folhas de pagamento correspondentes a dezembro. Uma delas é referente ao 13º salário, ainda não pagado, e a outra em relação ao pagamento geral. 

A prestação de contas ainda apontou falta de repasses ao Diviprev, fornecedores e prestadores, somando  uma dívida de cerca de R$ 25 milhões.

Diante a falta de informações que dessem segurança ao CMS, os membros decidiram solicitar uma auditoria externa e paga, para que, após as apurações, seja então decidida a aprovação ou não das contas, nos próximos meses. 

Marcelo Lopes

Marcelo Lopes

É repórter do Portal Centro-Oeste. Graduado em jornalismo e apaixonado por esportes e histórias.

Deixe seu comentário

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do PORTAL CENTRO-OESTE. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O PORTAL CENTRO-OESTE poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.