13º de 5 mil servidores está ameaçado em Divinópolis

Sem dinheiro, prefeitura ainda não tem projeção para efetuar pagamento

A crise financeira dos municípios vem como efeito dominó e deverá refletir no comércio de Divinópolis. Sem dinheiro para pagar e sob decreto de calamidade financeira, ainda não há previsão para o pagamento do 13º salário. A informação foi confirmada nesta segunda-feira (19) pela secretária de Fazenda, Susana Xavier.

Na coletiva concedida para anunciar a formação do gabinete de crise e a publicação do decreto, ao ser questionada pelo PORTAL, a secretaria reconheceu a possibilidade de não pagar o benefício. Disse ainda que irá procurar as entidades de classe para poder conversar, já que o não pagamento reflete diretamente no comércio.

Hoje, são mais de 5 mil servidores e uma folha de pagamento de R$21 milhões – valor semelhante ao que poderá deixar de circular no comércio da cidade neste final de ano.

“A gente não pode fugir desta responsabilidade, com certeza o 13 está ameaçado […] Pode acontecer de chegar o recurso e, se chegar, vamos repassar para o salário que é nossa prioridade”, disse, mas sendo realista.

“Dentro da perspectiva que temos, com este déficit crescendo semanalmente, vamos dizer assim, corre o risco de não conseguirmos pagar o 13º”, afirmou.

Hoje a prefeitura é considerada uma das maiores empregadoras de Divinópolis.

Déficit

O governo do Estado deve ao município cerca de R$ 97 milhões, sendo R$15 milhões do Fundeb, R$8 milhões do ICMS e o restante da saúde. Os salários de todas as categorias começaram a ser parcelados este mês. A classe mais atingida é a da educação que está em greve desde o início de novembro.

Amanda Quintiliano

Amanda Quintiliano

Amanda Quintiliano é editora-chefe do Portal Centro-Oeste. Jornalista por formação e paixão. Pós-graduada em Marketing e Comunicação Integrada.

Deixe seu comentário

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do PORTAL CENTRO-OESTE. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O PORTAL CENTRO-OESTE poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.