Última Hora

No results found.

Aumenta o número de endividados em Divinópolis

Mais 800 mil consumidores entraram para os cadastros dos serviços de proteção ao crédito como inaptos para adquirir novos financiamentos na passagem de fevereiro para março em todo o Brasil. Os números mostram um aumento de negativados. Em Divinópolis não é diferente. Quando comparado março de 2015 ao mesmo mês deste ano houve aumento de 21,44% de nomes sujos na praça. Os dados foram divulgados pela Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL).

Em dados gerais e nacionais, as principais justificativas para a falta de pagamento, segundo levantamento do Serviço de Proteção ao Crédito (SC), foram o desemprego (29,2%) e a redução da renda (14,6%). De acordo com a economista-chefe do SPC Brasil, Marcela Kawauti, os dois fatores conjugados pioram ainda mais a situação do orçamento dos brasileiros.

“A atual conjuntura econômica está causando uma alta no número de desempregados e minando o poder de compra dos brasileiros devido à inflação elevada e as altas taxas de juros”, explica.

A pesquisa feita pelo SPS – Brasil revelou que seis em cada dez consumidores não sabem quanto estão devendo e 36,0% não sabem também a quantidade de empresas para que devem. Entre os que têm conhecimento, o valor médio das dívidas chega a R$ 3.422,29 e o número médio de empresas com quem têm pendências em atraso é de 2,1.

Negociando com o credor

Em março deste ano o número de cancelamentos de registros, comparando com mesmo período do ano anterior aumentou 8,60%. Isso significa que alguns consumidores envidados colocaram as contas em dia.

Já as consultas realizadas para compras a prazo no mês passado, comparando ao mesmo período de 2015 recuou 19,65%.

Deixe seu comentário

Captcha *